Cursos Pré-Congresso

Todos os cursos realizam-se na Sexta-feira, dia 25.10.2019, nas instalações da Escola Superior de Saúde do Porto. São especialmente dirigidos a estudantes de Fisiologia Clínica do 3º e 4º ano.

Pode fazer a sua inscrição aqui!

Curso 1

EEG Source Imaging – NEUROEVOLUTION

Tema: EEG Source Imaging – dos riscos às fotografias

EEG Source Imaging (ESI) é uma técnica de imagem baseada em modelos que integra os componentes espaciais e temporais do electroencefalograma (EEG) para identificar a(s) fonte(s) gerador(as) dos potenciais eléctricos registados no escalpe. As mais recentes inovações nas tecnologias informáticas têm progressivamente tornado a análise de informações de ESI menos trabalhosa e onerosa, impulsionando e renovando o interesse nesta técnica como uma ferramenta de diagnóstico clínico. Considerando o corpo de evidências actualmente disponíveis, a ESI parece ser uma ferramenta promissora e com tremendas potencialidades na avaliação das epilepsias, sendo que o preciso valor clínico desta metodologia nas avaliações pré-cirúrgicas de epilepsia e na localização de córtex eloquente permanece relativamente desconhecido.

Patrocínio

Dia: 25/10/2019

Horário: 14h00 – 18h00

Local: Escola Superior de Saúde do Porto – Politécnico do Porto (Rua Dr. António Bernardino de Almeida, Nº 400, 4200-072 Porto)

Coordenador: Alberto J. R. Leal (Unidade Autónoma de Neurofisiologia @ Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa – Hospital Júlio de Matos)

Nº de vagas: 20

Curso 2

Ventiloterapia em Pediatria – NIPPON

Tema: Workshop em ventiloterapia na pediatria: dos casos clínicos à prática.

A ventiloterapia está indicada no Síndrome de Apneias do Sono (SAS), no Síndrome de Hipoventilação/Obesidade (SHO), na insuficiência respiratória crónica por deformação da caixa torácica e Doenças Neuromusculares (DNM) e ainda, na insuficiência respiratória crónica de causa pulmonar. Em Pediatria, para além destes diagnósticos, podem ser considerados outros (1).

A VNI em Pediatria é prescrita apenas em centros especializados com capacidade para diagnóstico, monitorização e manejo em agudização e com equipas multidisciplinares(1). As normas de boas práticas da ERS (European Respiratory Society) fazem chegar-nos diretrizes da gestão em domicílio de doentes complexos, com valorização mais uma vez, da especialização do profissional de saúde de cuidados respiratórios domiciliários (CRD).

Em conclusão, cabe ao profissional de saúde hospitalar, cuidados saúde primários, seguimento domiciliário, dotar-se da maior competência clínica possível, baseada na aprendizagem contínua dos conceitos teóricos (guidelines) disponíveis na literatura, bem como da prática: com os diversos ventiladores, algoritmos complexos, parâmetros, modos terapêuticos, interfaces e acessórios.

(1) NOC 022/2011, atualizada em 05.03.2013

Patrocínio

Dia: 25/10/2019

Horário: 14h00 – 18h00

Local: Escola Superior de Saúde do Porto – Politécnico do Porto (Rua Dr. António Bernardino de Almeida, Nº 400, 4200-072 Porto)

Coordenadora: CPL Rosa Félix Fonseca (Nippon Gases Healthcare e IPP|ESS) e CPL Ricardo Simões (Nippon Gases Healthcare e Bombeiros Voluntários de Soure)

Nº de vagas: 18

Curso 3

Diagnóstico de sono em Pediatria – LINDE

Tema: Diagnóstico de sono em Pediatria

Os distúrbios do sono na criança, persistentes ou transitórios, são perturbações comportamentais frequentemente observadas na prática clínica, assumindo forte impacto emocional na criança e respetivo contexto familiar (1).
Deste modo, reveste-se de extrema importância a caracterização e documentação do período de sono da criança, tão ativo no seu desenvolvimento motor e cognitivo (2).
De acordo com a American Academy of Pediatrics, a realização de estudo do sono nível I, em contexto de laboratório, está indicada, por exemplo, para crianças com problemas de aprendizagem, bem como com dificuldade respiratória durante o sono, com apneias presenciadas (3).

 (1) Wake M, Morton – Allen E, Poulakis Z, DPsych, Hiscock H, Gallagher S et al: Prevalence, stability, and outcomes of cry – fuss and sleep problems in the fi rst 2 years of life: prospective community – based study. Pediatrics 2006; 117:836 – 842
(2)Trosman I, Trosman SJ. Cognitive and behavioral consequences of sleep disordered breathing in children. Med Sci. (2017) 5:E30. doi: 10.3390/medsci5040030
(3)Marcus CL, Brooks LJ, Draper KA, et al. Diagnosis and management of childhood obstructive sleep apnea syndrome. Pediatrics 2012;130:576-584

Data: 25/10/2019

Horário: 14h00 – 18h00

Local: Escola Superior de Saúde do Porto – Politécnico do Porto

Coordenador: Tiago Martins, Linde Healthcare

Destinatários: Alunos de 3º e 4º anos do curso de Fisiologia Clínica, Licenciados em Fisiologia Clínica, Cardiopneumologia e Neurofisiologia

Nº de vagas: 20

Patrocínio

Curso 4

Pacing cardíaco em pediatria – MEDTRONIC

Tema: Pacing cardíaco em pediatria

A história do pacing cardíaco tem menos de um século, mas a sua evolução tem sido bastante rápida.
A pediatria é uma área onde o pacing cardíaco tem especificidades no âmbito do implante e do follow-up. No implante, a escolha do gerador e elétrodos tem uma importância fundamental no sucesso da terapia. No follow-up e na programação, a idade do doente, mas principalmente a interligação de funções e algoritmos limitam as opções de programação.
Perante esta complexidade, torna-se fundamental a formação constante dos técnicos de saúde em áreas como seleção de pacemaker, follow-up, programação bem como preparação e acompanhamento de um doente portador de pacemaker numa cirurgia ou numa Ressonância magnética no sentido de se tirar o máximo proveito de todas as potencialidades destes dispositivos e minimizar o risco dos doentes.

Objectivos
• Adquirir conhecimentos teóricos das funções dos Pacemakers de modo a permitir a seleção e avaliação dos parâmetros numa implantação e numa consulta convencional de Pacing no âmbito da pediatria;
• Preparar um pacemaker para a realização de uma ressonância magnética
• Conhecer os efeitos da utilização de um Magneto e suas indicações

Data: 25/10/2019

Horário: 14h00 – 18h00

Local: Escola Superior de Saúde do Porto – Politécnico do Porto

Formadores: Andreia Couto e Carlos Santos, Medtronic Portugal

Destinatários: Alunos de 3º e 4º anos do curso de Fisiologia Clínica e Licenciados em Fisiologia Clínica e Cardiopneumologia

Nº de vagas: 15

Patrocínio